ÉTICA – VACINA ANTICORRUPÇÃO

ÉTICA – VACINA ANTICORRUPÇÃO

Algumas pessoas defendem que Ética pode ter valores diferentes. Duvido que todas as hipóteses para definição de Ética nos deixem de levar para o Bem. Se isso acontecer não é Ética. Vamos transcorrer sobre este raciocínio em 3 assuntos tratados pela imprensa nos últimos dias.

Os que representam o povo no poder legislativo, representação transitória, pensam estar acima da lei. Tramita na Câmara Federal uma PEC que tenta restringir o poder investigatório do Ministério Público. A proposta vem de um parlamentar lá do Maranhão que entende que a maior preocupação do Congresso é evitar que parlamentares sejam investigados como vimos no crime do Mensalão.

Na outra casa de representação do povo – representação transitória, voltamos a afirmar, pois nenhum político deve ter mandato vitalício – os nobres senadores dão prova de sua falta de respeito com quem lhes delegou poder e com o dinheiro público que deveriam fiscalizar. Ocorre que após receber por anos a pecúnia financeira chamada de 14º e 15º salários – que o povo, que eles representam, não recebe – e não tendo cumprido a obrigação de pagar imposto de renda sobre essa pecúnia, eis que cerca de 100 senadores (período entre 2007 a 2011) repassam aos cofres públicos a obrigação devida. O senado, lembramos leitores é presidida por uma eminência parda do Maranhão.

O terceiro caso não vem do Maranhão, mas do núcleo do petismo, um esquema de tráfico de influência de certos irmãos Vieira e a secretária do ex-presidente da república. O esquema lembra o Mensalão, crime que segundo os acusados e petistas não existiu, mas que a providencial delação de um dos pulhas do esquema e a devida atuação do Ministério Público e os ministros do STF, provou que existiu e condenaram muitos réus.

Nestas três tristes notícias temos ingredientes como a impunidade, a arrogância, o descaso com o dinheiro público, mas o que se sobrepõem a todos esses ingredientes é a falta de Ética de certos agentes públicos que detém um mandato político e que discursam como guardiões da moral e na realidade confundem o público com o privado. Cidadania e Ética devem ser aprendidos desde berço.

Marcelo Queiroz /coluna Ética e cidadania

MARCELOQUEIROZ Morador do lado sul

Gostou na notícia? compartilhe!

Sobre Realengo em Pauta

Um Jornal totalmente dedicado ao bairro de Realengo. Informando e dando espaço em suas paginas, para que seus moradores expressem suas opniões, encaminhem sugestões e abre espaço para que comerciantes e empresários divulguem seus produtos ou serviços e com isso alavancar o progresso do bairro, gerando emprego aos seus moradores e melhoria de renda.
Tags , , , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *